Força de vontade e auto estudo: o Tantra do dia a dia

É aquilo: se organizar direitinho, todo mundo transa. Mais ou menos assim, se você organizar seu dia a dia direitinho, você vai conseguir atingir sucessões de eventos favoráveis à sua vida. Integrar seu externo com seu interno parece um grande desafio. No entanto é uma tarefa simples quando você olha para o aqui e agora e realiza ações integradas com o seu sentir e pensar

Desenvolvimento e redenção, uma interpretação Tântrica

um estado de êxtase por se estar em união com algo muito maior. Na real, o estado representa de forma essencial a ativação e subida da Kundaliní. Ou seja, quer dizer que essa união ocorre entre você com você mesmo. Nesse ponto, podem haver enganos: a pessoa pode achar..

Força e energia de vida, lidando com a Kundaliní

E o Tantra não defende que você deva impor à força também, seja a si mesmo, seja para os outros. Não é difícil notar que tanto a força como a energia estão presentes no mundo, e são relevantes para fazer a diferença. Você pode moldar suas próprias percepções, e mexer com sua própria força de pensamento. Você faz o que você quer fazer? Ou você adere à visão de mundo de outra pessoa?

A forma do Tantra versus a mecânica do inconsciente

Para tanto existe uma #atitude interna para com seus aspectos de vida mais íntimos. O Tantra é uma experiência que acontece através de um método ou técnica, um “como”. Ou seja, como você tem olhado para si e para os fenômenos do teu corpo? Você tem passado pelo seu dia a dia com atenção? Ou sente que passa mais de forma mecânica, como um robô humano?