Tantra: 112 Atitudes ou Sutras de Shiva

Tantra, Meditação e Dualidade

As 112 Atitudes (ou Meditações) de Shiva são as técnicas mais antigas e as mais atuais, porque é impossível acrescentar qualquer outra técnica. Todas as possibilidades, todas as maneiras de limpar a mente, de transcender e ir além da consciência. Não é possível acrescentar nem um só método aos 112 métodos da Shiva. Estas 112 atitudes representam toda o conhecimento de transformar a consciência.

112 Atitudes

  1. Respiração: beneficência do início; observar a pausa
  2. Respiração: dar-se conta da troca; observar o ponto de mudança
  3. Respiração: fusão da respiração / cheio e vazio de energia
  4. Respiração: ser consciente na pausa espontânea / dissolução do pequeno
  5. Respiração: entre as sobrancelhas / consciência diante do pensamento
  6. Respiração: durante atividades rotineiras foco na pausa / renascimento
  7. Respiração: bioenergia que conecta o 3o olho ao cardíaco / consciência nos sonhos e na morte
  8. Respiração: enlace da respiração / devoção e o meta-conhecimento
  9. Simulação: morte / permanecer em fúria / traataka / vácuo da boca
  10. Descontração: enquanto em carícia, a vida eterna
  11. Descontração: fechar os sentidos quando sentir a formiga
  12. Descontração: permitir-se leveza quando em uma cama
  13. Centralização: fusão com um objeto
  14. Centralização: consciência em sua coluna vertebral
  15. Centralização: fechar todos orifícios da cabeça
  16. Centralização: absorção dos sentidos do coração
  17. Centralização: não escolha, permanecer no meio
  18. Centralização: olhar amorosamente um objeto
  19. Centralização: sentar-se [somente] sobre as nádegas
  20. Centralização: veículo em movimento e os círculos invisíveis
  21. Centralização: concentrar-se em uma dor do corpo
  22. Centralização: atenção sobre algum passado; pressentimento e transformação
  23. Centralização: auto conversão em um objeto através do sentir
  24. Centralização: auto observação e os estados de ânimo
  25. Contenção: ao sentir um impulso, pare
  26. Contenção: contemplar o desejo
  27. Contenção: diante do esgotamento, jogue-se ao chão com totalidade
  28. Contenção: imaginar-se perdendo toda sua energia
  29. Contenção: entrar em estado devocional
  30. Observação: olhos fechados, contemple seu ser em detalhes; então, sua natureza
  31. Observação: olhe uma tigela sem olhar para seu material; em instantes, consciência
  32. Observação: observe como se fosse a primeira vez uma pessoa ou um objeto
  33. Observação: olhe o ceu azul atrás das nuvens; serenidade
  34. Observação: ouça um segredo sem piscar nem mover os olhos; a libertação
  35. Observação: olhar para um abismo; a bem aventurança
  36. Observação: desvio lento dos olhos, desvio lento do pensamento, o vazio
  37. Sonorização: sutilização de imagem em sons através das letras 
  38. Som:
  39. Som:
  40. Som:
  41. Som:
  42. Som:
  43. Som:
  44. Som:
  45. Som: entoar o aspirar e então a espontaneidade
  46. Som: tampar os ouvidos e contrair o ânus; entrar no som
  47. Som: usa teu nome como um mantra; através deste som, todos os outros
  48. Sexualização: permanecer no fogo do princípio; evitar os rescaldos do final
  49. Sexualização: quando os sentidos tremerem, entrar no tremor
  50. Sexualização: ao recordar um ato sexual, a transformação
  51. Sensorialização: ao sentir alegria, embebedar-se com ela
  52. Sensorialização: consciência do gosto da comida ou da bebida
  53. Recordação: de si mesmo
  54. Recordação: ao sentir satisfação, cristalizá-la
  55. Recordação: entre o dormir e acordar, o Ser se revela
  56. Recordação: considerar o mundo uma ilusão
  57. Contemplação: em estados de desejo extremo
  58. Contemplação: o mundo como um teatro
  59. Contemplação: o meio entre as polaridades
  60. Contemplação: com a aceitação de objetos e desejos, a transformação
  61. Experimentação: a existência como um ondear
  62. Experimentação: qualquer lugar em que sua consciência esteja posta
  63. Experimentação: permanecer lúcido em sensações abstratas
  64. Experimentação: início do espirro / pavor / ansiedade / sobre um abismo / em uma batalha / ao sentir curiosidade extrema / princípio e fim da fome
  65. Universalização: não julgar ou a não aceitação da dualidade
  66. Universalização: ser o mesmo não mesmo; amigo e desconhecido; honra e desonra
  67. Universalização: tudo muda ou a mudança consome a mudança
  68. Universalização: não ter esperança ou o zelo
  69. Universalização: exterior é reflexo do interior; o apego revela o desapego
  70. Visualização: luz subindo vértebra por vértebra da coluna vertebral
  71. Visualização: relâmpagos faiscando de um chakra ao seguinte
  72. Visualização: percepção do cosmo como uma presença translúcida
  73. Visualização: entrar na claridade do céu sem nuvens
  74. Visualização: o universo dentro da cabeça
  75. Visualização: si mesmo como luz
  76. Visualização: dissolver-se na escuridão como a forma das formas
  77. Visualização: tirar e atirar a escuridão interna, assim os defeitos desaparecem
  78. Concentração: onde estiver a atenção, experimenta
  79. Concentração: fogo que transforma em cinzas, mas você não
  80. Imaginação: fogo queimando o mundo imaginário; e você se volta acima
  81. Imaginação: mundos formando princípios e os princípios formam seu ser
  82. Percepção: não pense; sinta, no sentir o si mesmo; sinta até mesmo o pensar
  83. Percepção: a existência de antes do desejo e de antes do saber; a beleza
  84. Disrupção: desapego no apego ao corpo; contente é quem está no todo
  85. Disrupção: pensar em nada faz do limitado, ilimitado
  86. Consideração: imaginar algo inimaginável; o si mesmo
  87. Consideração: “eu existo”
  88. Conscientização: mediante o conhecimento brilha o ser; conhece que conhece
  89. Conscientização: inclusão do todo em seu ser (mente, conhecimento, respiração e forma)
  90. Sensibilização: toque os olhos com leveza; universo impregna o coração
  91. Sensibilização: sentir o corpo físico energético; acima e abaixo da forma
  92. Sensibilização: consciência nos momentos de não-pensamento
  93. Projeção: qualquer área do teu corpo como ilimitadamente extensa
  94. Projeção: sua substância, ossos, carne, sangue, todos saturados do cosmos
  95. Projeção: delicadas configurações nos peitos (mulheres) ou na raiz do pênis (homens)
  96. Projeção: visualize o espaço ilimitadamente espaçoso; horizonte
  97. Projeção: enche o espaço ilimitadamente espaçoso com teu corpo
  98. Projeção: impregnar de paz a área entre as axilas
  99. Projeção: sentir-se estendendo por todas as direções, longe e perto
  100. Apreciação: permanecer no estado de ânimo subjetivo; sem apego a coisas
  101. Criação: onipotência, onipresença, onisciência
  102. Espiritualização: progredir seu próprio espírito a todo o universo
  103. Naturalização: não lutar (com ou contra o desejo)
  104. Naturalização: conscientizar-se dos limites da percepção
  105. Energização: conscientizar-se de que cada ser é composto de energia
  106. Alterização: voltar-se cada ser; o desenvolvimento da empatia
  107. Alterização: a existência da consciência una
  108. Internalização: volta-se como teu próprio guia interno
  109. Internalização: sentir o corpo vazio
  110. Dinamização: joga; o universo é uma casca vazia, parque para sua consciência
  111. Meditação: além do saber e não saber, além do existir e não existir, o ser
  112. Movimentação: entra no espaço interno, eterno, em calmanir