Ir para conteúdo

CategoriaTantra

A visão sobre o Tantra é natural, ou seja, não tocamos com ênfase na visão espiritual do Tantra, porque essa abordagem muitas vezes serve como ferramenta de fuga do que é real. Nesse sentido, é método, e representa a “forma” como você vai chegar lá. Agora, o “lá” vai depender da ótica de quem pratica o Tantra, é isso que você vai encontrar aqui nos arquivos.

O problema do espiritual está no denominador comum: ao mantermos a ótica natural, o diálogo com a ciência e o que nos une enquanto humanidade se mantém. O espiritual gera discórdias, porque é fácil se tornar um monopólio. As pessoas normalmente ficam surpresas quando percebem nos arquivos do Hinduismo que o significado da palavra Tantra é técnica ou método. Então, quando se fala em sexo tântrico, queremos dizer que é o sexo com uma técnica específica.

Ora, a energia sexual (Kundaliní), pode se manifestar na reprodução de um novo ser, pode se manifestar no sentido de intenso prazer sexual, ou também em criar um novo ser fora do indivíduo. Mas nem todos que fazem sexo conseguem perceber as nuances de diferença com relação a essa terceira função da energia sexual. Assim, a forma (Tantra: técnica) com que se faz o sexo faz toda a diferença. Agora, você vai perceber aqui nos arquivos, que Tantra não é só a “Técnica do Sexo” como muitos fazem crer. Existem de fato 112 Sutras, dos quais 108 podem ser feitos em existência. Dentro desse rol de sutras, somente 5 dedicados ao sexo em si.

O que acontece quando alguém passa a executar a Trilha do Tantra? É bem simples: a pessoa se liberta dos condicionamentos, sofrimentos, e passa a viver a vida com consciência.

vida sexual e a trilha do tantra

Vida Sexual e os Métodos de União do Tantra

Dos métodos de união, talvez o mais conhecido seja o Yoga. Porém, o mais imediato e acessível envolve a vida sexual. Ao mesmo tempo em que a questão sexual é … Continue lendo Vida Sexual e os Métodos de União do Tantra