Gurus: como o Tantra recomenda a agir

Nossas vidas podem melhorar com a ajuda de gurus, mas…

Digamos que você seja aspirante a yogi. Além disso, você esteja seguindo alguns Gurus admiráveis no Instagram para inspiração. Se você está buscando encontrar sua voz criativa, isso pode fazer você sentir que você nunca será tão bom. Silenciar os perfis até encontrar clareza de visão pode ser uma boa opção nesse caso.

No universo dos buscadores, é comum encontrar uma situação como a seguinte. Primeiro, arrumar o teu espaço físico ou mesmo a caixa de entrada de e-mail, para uma autoanálise. Se encontrar fontes variadas e dispersas, pode ser um sinal. Em determinados estágios, isso pode significar a busca de direção. Mas pode ficar clara a busca por conselhos de muitas fontes. E pode ser que seja necessário parar de colecionar gurus.

Se não tivermos uma visão do que nós mesmos queremos, há o risco de começar oprimidos. Principalmente quando se tenta seguir o Conselho de muitos Gurus diferentes. Em tempos de decisões importantes, conselhos são valiosos. Muitos  recorrem a peritos ou amigos, em busca de qualquer sugestão que possa ajudar a tomar a decisão certa.

Considere reunir-se com outros buscadores

O dilema de mudança de carreira ou experimentar a tristeza de luto pode ser uma boa oportunidade para recorrer à Comunidade. Primeiro, elaborar uma lista diversificada de amigos e entes queridos. Ou seja, pessoas cujas opiniões você respeite e que considere bons ouvintes.

Situações específicas podem servir de catapulta

Segundo, convide essas pessoas para a sua casa para ouvir a questão que você enfrenta. Sem expectativa de necessariamente receber conselhos, mas sim para reunir amigos próximos com a intenção de discutir as questões em mãos. Nesses termos, verifique, questione-se, interaja e ouça também – seja um coouvinte. Dependendo, pode ser que o grupo concorde em se reunir novamente nos meses seguintes. E se não concordar, está tudo bem também.

Mesmo que você só se sinta confortável para conversar com uma ou duas pessoas, reunir-se com buscadores pode ser mais útil em seu caos de tomada de decisão do que montar um exército inteiro de gurus dizendo o que fazer.

Assim, o próximo passo certo pode surgir. Essas conversas podem te levar ao próximo estágio da carreira. Mas, mais importante, esses encontros tem potencial de ajudar a encontrar paz e amor durante um momento particularmente turbulento. Tudo isso com uma conexão pessoal diversa da de gurus impessoais. 

Eu não entendi o que isso tem a ver com o Tantra e Gurus

Um dos significados para a palavra Tantra é “rede” ou “teia”. Em suma, como em um tecido, no qual os fios se entrelaçam. Assim também a grande lição do Tantra é essa interconexão individual. Cada um dos indivíduos se influenciam mutuamente.

Shiva - o primeiro Guru

A princípio, qualquer grupo ou seita que te afaste das pessoas a quem você sempre amou e possui proximidade, desconfie. Dessa forma, o Tantra o aproximará das pessoas que já estão próximas. Da mesma forma que te ajudará a criar novos laços de amizade e de conexão interpessoal.

Afinal, o Guru está dentro de si. Confie em si mesmo. As conexões com quem está no entorno, aumentam a partir do momento em que se desperta para o interno.

Deixe uma resposta