O Tantra te ajuda a trazer seu sistema mente e corpo para o Aqui e Agora

Antes de falar sobre a prática do tantra, primeiro vamos tratar de um uma questão preliminar: por que praticar o “Tantra”?

Bom, a resposta imediata é que o seu corpo e sua mente estão operando em um tempo não presente. Nosso sistema corpo e mente foi construído ao redor das necessidades dos nossos antepassados pra históricos, os quais evoluíram em um mundo muito mais hostil que o nosso. Naquele contexto, sobreviver era uma questão. Para trazer o seu sistema corpo e mente para o mundo moderno e fazer com que as necessidades Que temos hoje sejam atendidas de forma satisfatória, saindo de estados depressivos ou de estados de ansiedade, o tantra apresenta todas as ferramentas possíveis imagináveis para trazer seu sistema para o aqui e agora.

Para fazer isso, a primeira coisa que você precisa saber sobre o Tantra é que ele é sensorial. O seu cérebro tem uma série de receptores de informações que vem do ambiente externo. Essa configuração está indo o modus operandis automático. Um dos primeiros princípios do Tantra levar a consciência para os teus sentidos: isso automaticamente te traz para o momento presente. Existem mecanismos que nos tiram do aqui agora, eles estão ligados aos nossos instintos mais primitivos: medo, fome e sexo.

Esses três aspectos constituem o fundamento da sobrevivência biológica. Você quer evitar morrer de fome? Coma. Você quer evitar entrar em extinção? Reproduza. Você quer evitar ser morto pelas ameaças do ambiente? Lute ou fuja… Esses dois comportamentos básicos são respostas primais ao medo.

Pode parecer óbvio, mas muito do nosso comportamento diário, além dos nossos desejos mais comuns, giram em torno desses três aspectos. Passamos muito tempo buscando poder, dinheiro e atividade física. Por que? Basicamente porque eles ajudam a sentirmos segurança, termos comida e parcerias sexuais.

Claro que não há nada de errado com qualquer uma dessas funções por si só. As questões surgem quando esses comportamentos nos controlam, ao invés de ser o contrário. Se deixados por si só, nossos pensamentos automáticos e comportamentos sub conscientes podem nos levar a ter maus hábitos, o que resulta em ausência de pensamento criativo e qualidade de vida. Além disso, nossas necessidades primárias podem acabar nos afastando de um estado de plenitude.

Note que não se trata de renunciar a comida, sexo ou segurança. Na realidade se trata de expandir a consciência e transformar pensamentos e comportamentos subconscientes em conscientes: isso que o Tantra te ajuda a fazer porque, diferente dos outros sistemas filosóficos e comportamentais ele enxerga com naturalidade todos os nossos instintos mais primários. A consequência disso é que muitos acabaram estereotipando Tantra, seja reduzindo a sexualidade, seja Colocando essa filosofia milenar como um comportamento amoral.

Deixe uma resposta